Ler Consigo
Segunda-feira, 4 de Abril de 2011

Escola EB 2, 3 António Gedeão (Odivelas)

No dia 4 de abril vieram duas pessoas ler à nossa turma: o Sr. Horácio e a D. Raquel.

O 1º a ler foi o Sr Horácio, ele é o funcionário da escola que nos ajuda a passar a estrada para apanharmos a camioneta. Trouxe um livro muito velho da altura em que ele andava na escola, há mais de 50 anos. Contou que na sua altura, um livro dava para quase toda a família, que passava de mão em mão, durante muitos anos, que não é como agora, que quase não dá para os nossos irmãos. A frase que nos marcou mais e que ele repetiu muitas vezes foi: “Graças à leitura eu sabia falar com os outros e nunca ficava calado em lado nenhum”. Para ele a leitura trazia-lhe conhecimento e permitia-lhe sentir-se igual a todos os outros rapazes da aldeia, da cidade, da tropa, de todo o lado. Foi muito bom ouvi-lo. No final, nós pedimos para ele fazer um assobio especial, que só ele sabe fazer, para imitar os canários e ele delicadamente assobiou para nós. Foi bom!

 

A D. Raquel é a prima da Inês. Ela trouxe vários livros que a marcaram e mostrou-nos as capas e leu um excerto de cada um. O mais engraçado foi o excerto do livro do “Chocolate à chuva” de Alice Vieira. Ela gostou sempre de ler e, como é socióloga, disse que através da leitura se percebe melhor a sociedade e quem somos. Também disse que quem não gosta de ler deve fazer um esforço para começar a ler um pouco todos os dias, pois em todas as profissões é preciso ler muito. Na altura em que conversávamos, ela disse que há alturas em que não lê muito, que há fases… e isso foi importante! Agora percebemos por que razão às vezes se lê um livro depressa e outras vezes não nos apetece mesmo ler. Mas ela disse que é importante ler um bocadinho todos os dias mesmo quando se está numa fase de pouco entusiasmo para a leitura.

 

Como o projecto é uma semana inteira, no dia 6, foi a vez da D. Palmira.

Ela é a senhora que trabalha na papelaria da nossa escola, estávamos curiosos para ouvir o que ela nos ia dizer. Falou da sua experiência de vida, pois antes de vir viver para a cidade viveu na aldeia e a vida lá não era fácil. Disse que os livros lhe abriram horizontes para conhecer coisas novas e, como ela é lutadora em tudo na vida, sempre acreditou que o amanhã é melhor que o hoje. Contou que passou muitas dificuldades, mas que nunca desistiu e que os livros foram muitas vezes o seu refúgio de quando se sentia triste. E ela disse: “ um livro é um amigo” e dito por ela, que somos todos amigos dela, acreditamos que ela tem razão.

Estas aulas foram diferentes. Foi bom e importante ter esta oportunidade de convidar quem queríamos à turma. Queremos continuar.

 

Os alunos do 7ºE

Professora: Ana de Sousa

Categorias: ,
publicado por lerconsigo às 09:18

link do post | comentar | favorito
|
Visitante n.º
Ver estatísticas


lerconsigo.app[arroba]sapo.pt

.pesquisar

 

.Mais informação

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.arquivos

. Abril 2012

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Junho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Abril 2009

. Março 2009

. Novembro 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

.últ. comentários

Bom dia, O meu nome é Renato Duarte, sou repórter ...
Cara colega:Gostei muito de ler o seu testemunho, ...
De certeza um excelente projecto.
Excelente iniciativa.
A minha turma fez um vídeo no ano lectivo passado....
Parabéns pelo blogue e pelo Projecto Ler Consigo.A...

.Categorias

. 2004(9)

. 2008(1)

. 2009(4)

. 2010(3)

. 2011(5)

. 2012(1)

. informação(7)

. ler consigo(4)

. projecto(3)

. relato(21)

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds